A Secretaria Municipal de Saúde de Paraíba do Sul está trabalhando preventivamente em combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika. Na última quinta-feira, dia 07, as equipes se dividiram e participaram de capacitação de manejo clínico.

Durante a manhã e a tarde os Agentes Comunitários de Saúde e os Agentes de Endemias receberam no Cinema Popular orientações da equipe de Vigilância Ambiental e da enfermeira Caroline Martins, responsável pela Educação Permanente. No auditório da Prefeitura, enfermeiros e médicos da Atenção Básica receberam palestra com o médico pediatra Dr. Alfredo Bastos da Cunha, onde falou sobre tratamento em caso de dengue e chikungunya.

Em reunião com a equipe de saúde na terça-feira, dia 05, a secretária da pasta, Izabel Mendonça ressaltou que as ações são preventivas. “Temos que trabalhar com a prevenção. Estamos capacitando a Atenção Básica e a Vigilância Ambiental para intensificar as visitas domiciliares, pois a população com a informação correta consegue combater o mosquito. Vassouras já tem caso de dengue tipo 2 e nós não queremos que isso aconteça aqui em Paraíba do Sul”.

Segundo a coordenação da Vigilância Ambiental, além das capacitações, uma agenda foi montada para as equipes da Atenção Básica e da Vigilância Ambiental promover mutirões nos bairros. Nesta sexta-feira, dia 08, o mutirão estará presente no bairro Bela Vista.

“Vale salientar que houve toda uma estratégia de agendamento em cima de um trabalho que a Vigilância Ambiental já vem desenvolvendo no município. Tudo foi pensado logisticamente, para que os bairros onde hoje temos o maior número de focos do mosquito iniciassem com os mutirões. Em fevereiro e no mês de março os bairros onde a infestação é mais baixa, mas jamais deixaríamos de fazer algum bairro, pois os mutirões são para incentivar um trabalho que tem que ser contínuo de prevenção”, ressaltou a enfermeira apoiadora da Atenção Básica Suellen de Oliveira Souza.