Entrega dos certificados ocorreu na Secretaria de Educação

Visando ampliar os horizontes educacionais, aumentar os índices da inclusão no ambiente escolar e também atender às metas do Plano Municipal de Educação, a Secretaria de Educação de Cordeiro está atuando na formação continuada de professores. Dessa vez, numa parceria com o CEFET, Campus Nova Friburgo, foi ofertado o Curso de Libras Nível Básico, cujas aulas atenderam inicialmente a 15 professores que integram a Rede Municipal de Ensino.

Seguindo a máxima de que a linguagem é fundamental para o crescimento das relações humanas, e que a sua falta pode redundar em graves consequências para os indivíduos no que tange ao desenvolvimento emocional, social e intelectual, a Secretaria de Educação cordeirense trabalhou para que a comunicação seja observada como processo de interação no qual se compartilha mensagens, ideias, emoções e sentimentos.

Assim, a utilização da Linguagem Brasileira de Sinais (Libras) contribui na inclusão social dos surdos deixando de lado qualquer forma de discriminação ou preconceito com um grupo que, ao longo da história, foi vítima da ignorância e visão equivocada de muitos ouvintes que tinham a surdez como uma deficiência que deveria ser tratada clinicamente para que houvesse a superação do déficit auditivo.

Dessa forma, a utilização da Libras tem sido cada vez mais incentivada na sociedade para que os surdos possam interagir, construir sua identidade e obter ainda uma melhor qualidade de vida no cotidiano, ale de lhes assegurar o direito enquanto cidadãos e disseminar o respeito às diferenças.

Nesta terça-feira, 12, foi realizada, na Secretaria de Educação, a entrega dos certificados, com a presença da vice-prefeita Maria Helena, da secretária de Educação Telma Macedo e da professora do CEFET que ministrou o Curso de Libras, Soraia Toledo, que por sinal teceu elogios à iniciativa de Cordeiro e disse que esse curso serviu para aguçar ainda mais a vontade dos professores em aumentar seus conhecimentos. “Foi uma ótima experiência”, disse.

Receberam o diploma Alessandra Pereira, Geiza Azevedo, Glaucia Beltrão, Juliana Gil, Laís Malaquias, Luciana Tardin, Marinez Daflon, Matheus Brum, Rosilene Marçal e Samara Prata. Ao final, Maria Helena e Telma Macedo fizeram uma singela homenagem oferecendo um vaso de flores à professora Soraia Toledo.