A cidade de Comendador Levy Gasparian sediou nesta última sexta-feira (28), o Encontro Regional Sul Fluminense dos Conselheiros Tutelares, o evento foi realizada na sede do Centro de Convivência da Terceira Idade ‘Marli Martins Bortone Meyer’, localizada na Avenida Zacaron no centro da cidade, e contou com Conselheiros das várias cidades do Estado do Rio de Janeiro e de Minas Gerais, tais como: Três Rios, Valença, Mendes, Areal, Rio das Flores, Vassouras e Miguel Pereira e das cidades de Santana do Deserto, Simão Pereira e Chiador respectivamente.

Também esteve presente ao Encontro a Secretária de Educação Ana Paula, a Secretária de Assistência Social Cristina Bonfort, a Coordenadora do CRAS Brenda Maria da Silva, a Coordenadora de Promoção Social Jouseane Aparecida Vieira Novo, o Presidente da Câmara Municipal de Vereador, Carlos Alberto de Andrade Vasconcelos, a Vereadora Cláudia Fantana, a Presidente do Conselho Tutelar Patrícia, o Coordenador Regional Sul Fluminense Ventura Neto, o Sub-Tenente Neves do 38º BPM, o Vice-presidente da ACTERJ Carlos.

Iniciando o uso da palavra a Presidente do Conselho Tutelar Patrícia, agradeceu a presença de todos e salientou a importância deste Encontro não só para nós Conselheiros, más também para toda a sociedade civil, o Presidente da Câmara parabenizou a todos, e intensificou a importância do trabalho realizado por vocês, como em todas as funções públicos temos os ônus e os bônus e quando consegue resolver aqueles problemas familiares, pois ali foi eliminado o foco do problema vocês se sentem gratificadas, se sentem com o dever cumprido, fico muito feliz e receber todos em nosso humilde cidade, frisou o Presidente do Poder Executivo.

A Secretária de Assistência Social parabenizou a todos e informou a não presença do Prefeito Valter Lavinas que se encontrava em uma agenda externa, mas ele ficou muito feliz pela realização deste Encontro Regional em nosso município, quero agradecer a todos os Conselheiros que trabalharam com tanto carinho para a realização deste, sei que a Assistência Social não contribuiu como deveriam, mas fica aqui o meu agradecimento.

O Vice-presidente da ACTERJ Carlos agradeceu a oportunidade, parabenizo ao Presidente Carlos Alberto de Andrade Vasconcelos, e grafo a importância de termos ao nosso lado do Poder Legislativo, pois é essencial para o desenvolvimento dos nossos trabalhos, quero agradecer a Secretária de Assistência Social que se faz a representar o Poder Executivo, mas que é também a gestora de uma pasta muito importante, pois o Conselho Tutelar é diretamente ligado a mesma, cumprimento também aqui meu amigo e parceiro Bira, quantas ações realizamos juntos em Vassouras e quantas ainda iremos realizar, parabenizo a Secretária de Educação Ana Paula que possui uma pasta central e de grandiosa importância, pois nós Conselheiros temos que atuar em duas vertentes, uma quando o ‘adolescente’ encontra-se dentro da sala de aula e quando ele está fora dele, quero também agradecer ao Sub-Tenente Neves do 38º BPM que como nós possuí uma ação de ímpar no combate a evasão, às vezes o adolescente é apreendido pela polícia e imediatamente se faz a necessidade de ter o auxílio do Conselho ou vice-versa, acrescentou-o.

A Secretária de Educação agradeceu a todos, como foi citado pelo vice-presidente da ACTERJ, a Secretaria de Educação caminha lado a lado com o Conselho Tutelar, o tema é de grande relevância, pois mais que garantir o acesso a sala de aula, é manter a permanência deles nela, e essa tem que ser com qualidade, e para conseguirmos isso precisamos unir forçar a estratégicas que vão muito além das disciplinas que serão ensinadas, temos que desenvolver projetos que sejam alicerce para consolidar a formação dos adolescentes e prepará-los para o mercado de trabalho que se tornou muito exigente, afirmou a Secretária de Educação.

O Sub-Tenente Neves mencionou a necessidade de trabalharmos em parceria “Escola-Conselho-Família-PM”, essa parceria é muito necessária, hoje eu fiz questão de estar neste encontro, pois é a primeira vez que participo, gostaria de frisar que também seja chamado o “Proerd” que é o departamento da Polícia Militar que desenvolve projetos contra as Drogas dentro das Instituições de Ensino, afirmou o Sub-Tenente.   

Após as explanações das autoridades a mesa oficial foi desfeitas, e em seguida foi convidado o Palestrante e Psicólogo Sérgio Henrique Teixeira da ACTERJ (Associação Estadual dos Conselheiros do Estado do Rio de Janeiro), que apresentou a todos os questionamentos essenciais para uma compreensão sistematizada e quais medidas necessitam a serem tomadas para que a Evasão Escolar seja posta em xeque, o Palestrante pôs em análise se os caminhos tomando condizem com a vivência e com a realidade deste aluno.

O psicólogo apresentou através de slide mecanismo que precisa ser  estudados por nós, que estamos na ponta do iceberg e se estamos realmente compreendendo as necessidade que a sociedade predomina todos os dias em nossa volta, será que estamos compreendendo realmente essas mudanças?

Após a palestra, os membros dos Conselhos Tutelares trocaram informações e conversaram sobre temas relevantes e como estão sendo feito as ações em seus domínios, pois cada cidade possui uma realidade complexa, esse reconhecimento também é importante salientou Sérgio Henrique Teixeira, e calcou a sensibilidade de enxergarmos entre linhas as ações e as posturas dos adolescentes, pois na maioria das vezes, culpamos os, não dando a oportunidade a ele para manifestar o que realmente o mesmo deseja expressar, e partimos diretamente para rotulá-lo.

O engraçado que sempre repassamos os problemas para o outro, é muito mais fácil do que assumimos as responsabilidades necessárias para exercermos a nossa prática como condutores do conhecimento, precisamos nos pôr no lugar do outro, ou seja, precisamos estar dentro e conviver com as circunstâncias e com as impossibilidades de expressarmos, contemplou o Psicólogo Sérgio Henrique Teixeira, finalizando sua Palestra.