Foi realizada na manhã desta quinta-feira (20) a 9º Conferência da Saúde de Comendador Levy Gasparian, a mesma foi pautada em três eixos essenciais que são: 1º A Atenção Básica como Eixo Central na Reorganização do Sistema Municipal de Saúde; 2º Atenção especializada: Serviço de Atenção Secundária e Terciária e Desafios para a Garantia de Acesso a Melhorias da Assistência; 3º Vigilância em Saúde: Perfis Epidemiológicos x Ações Preventivas, que nortearam todas as metas para os próximos quatro anos.

A 9º Conferência de Saúde foi realizada no Salão Nobre da Câmara Municipal de Vereadores, e contou com representantes dos mais variados seguimentos da sociedade gasparienses, de membros da Rede Municipal de Saúde de membros da Rede Municipal de Educação, de Secretários de Diversas Pastas do Poder Executivo, além de convidados de outras instituições administrativa gaspariense e membros de institutos de outras cidades.  

Para compor a mesa foi convidado o Prefeito Municipal Srº. Valter Luis Lavinas Ribeiro, a Secretária de Gabinete Giselle Vital Gobbi da Gama Cruz, a Secretária de Saúde, Srª Elaine Stelmann, o Presidente do Poder Legislativo vereador Carlos Alberto de Andrade Vasconcelos, a vereadora Cláudia Fantana, o Srº Jorge Meier, o Presidente do Sindicato do Aposentado D8, o Presidente do Conselho Municipal de Assistência Social Luiz Carlos de Souza.

O prefeito Valter Lavinas abriu a 9º Conferência parabenizando a todos os membros da Secretária de Saúde pelo belo trabalho que vem sendo desenvolvido mesmo diante das dificuldades, precisamos melhor em vários segmentos, e iremos fazê-lo, só que seria inconsciente dizer que será da noite pro dia, é por isso que eu como gesto tenho a certeza de que iremos sim através do trabalho de cada um proporcionar aos gasparienses dias muito melhores.

Em relação a falta de remédio, sei que é um problema crônico, para se ter uma ideia, foi feito a licitação para a aquisição de remédios que supriria toda a demanda, porém a empresa vencedora veio entregar somente a metade, e quando questionou o fato, eles disseram que sempre vou feito assim, pro exemplo, compra-se 10 caixa de um determinado remédio e a empresa só entrega cinco, e isso é ilegal, então solicitamos que o jurídico tomasse as devidas providências contra a empresa vencedora, afirmou o prefeito.

A partir deste empecilho iremos fazer outra licitação e isso leva tempo, quando é feito com seriedade, quando se faz de qualquer jeito é rápido e nós da administração pública não queremos que as coisas sejam feitas em toque de caixa. Por isso busquei ter a frente desta secretária tão complexa a Secretária Elaine Stelmann, pois confio em sua competência e associada a ela, confio no emprenho de cada profissional da saúde, e quero ser informado de qualquer problema, por isso, solicitei a implantação de caixa de reclamação e sugestão em todos os PSF, somente com a ajuda da população conseguiremos cumprir com tudo o que eu me propus a fazer.
Volto a afirmar, qualquer irregularidade tem que ser denunciada, usem a imprensa, as redes sociais, vão até a secretária de saúde, converse com a Secretária, com os coordenadores, venho ao gabinete, enfim preciso deste apoio para resolver consecutivamente os problemas da saúde. Sei que não conseguirei resolver todos, porém temos que oferecer o Básico com qualidade, não irei prometer a construção de um hospital, pois seu custo operacional circunda as cifras de 800,00 (oitocentos mil por mês), e isso é impossível, muitos me pedem a construção de uma maternidade, ótimo, mas se durante o parto houver algumas complicação, como será feito para chamar uma anestesista, um pediatra, ou uma equipe de cirurgia, ou seja, são coisas inviáveis em ser implantado no município, o que eu quero dizer, é que saúde é coisa séria e não podemos brincar com ele.

O prefeito disse que várias mães me disseram que as crianças nascidas em outra cidade não será gaspariense, isso acabou agora tem uma lei que atesta que a criança nascida em outra cidade pode ser batizada em sua cidade de origem, antes não, ele teria que ser registrada onde houve o parto, finalizou o prefeito Valter Lavinas.

O prefeito reafirmou que a UPA e o Hospital de Clínicas são regionais, só estão instalado em Três Rios por um motivo de logística, e não é um favor que eles estão fazendo para os gaspariense, os nossos recursos são direcionados para essas duas instituições, e isso também vale para o hospital de Vassouras ou qualquer outra unidade, afirmou. Durante a minha campanha se diziam que eu iria acabar com o convênio com a Acispes, muito pelo contrário, gostaria muito de que o nosso convênio aqui na região Sul fluminense fosse tom bom como a Acispes, pondo fim a sua palavra.     

Em seguida usou a palavra a Secretária de Saúde, Srª Elaine Stelmann, que agradeceu a sua equipe o empenho para a realização desta Conferência, ela disse que durante duas semanas começamos a pensar e a elaborar o que estamos vendo aqui hoje, afirmo que estamos avançar muito, e hoje estamos confirmando através desta discussão metas para os próximos quatro anos, volto afirmar que sozinha, não conseguirei construir nada sozinha, mas somente avançaremos se unirmos forças e caminharmos com um único objetivo que é oferecer uma saúde de qualidade aos gasparienses, quando uma munícipe busca atendimento no PSF ela não vai para passear, se ele se desloca para esta unidade e porque realmente necessita de um atendimento e esse precisa ser de excelência, muitos emocionada a Secretária afirmou “a minha responsabilidade à frente da pasta é enorme e sei que os nossos munícipes confiam em nosso trabalho”

O presidente da Casa vereador Carlos Alberto de Andrade Vasconcelos disse que quando se fala com a voz do coração é difícil não se emocionar, essas lágrimas verdadeiras e que nos faz sentir o quanto você realmente ama o que faz e mais que isso, ama o povo gaspariense, e nós temos a certeza de que você fará tudo o que for necessário para atendermos com qualidade e com respeito, em seguida o vereador parabenizou a todos os presentes e acrescentou que somente unidos “Poder Executivo, Poder Legislativo, e Sociedade” conseguiremos construir uma saúde de excelência, afirmou o nobre vereador. 

Em seguida foram montados os grupos correspondentes aos três eixos para discutirem os principais elementos que alicerçaram as metas para os quatro próximos anos, afirmou o presidente do Conselho de Saúde, Srº Ilo Lopes da Silva.